Biblioteca 
Manoel Cabral de Sousa

Para ter acesso aos livros basta levar um documento, comprovante de residencia e um telefone e terá 1 mês para devolve-lo. O empréstimo é gratuito. 

O nome da biblioteca é uma homenagem ao irmão Manoel Cabral de Sousa (in memorian), dedicado e apaixonado pela umbanda. Sua preocupação era registrar todos os momentos e reuniões que aconteciam em nossa casa. Pai carnal da nossa dirigente espiritual (Mãe Dalma), ele escrevia e digitava em sua máquina de escrever todos os textos e palestras de esclarecimentos que eram ministradas nas reuniões. Com o dom da poesia ele escreveu diversas mensagens e orações que encontram-se disponível em nosso acervo.

Abaixo estão algumas de suas lindas mensagens.

Há 1957 anos , assistimos, todos os anos, a encenação de sacrifício a que por amor a humanidade, se submeteu o nosso Deus - O VENERÁVEL JESUS, que na qualidade de sábio timoneiro veio nos ensinar o caminho, para que pudéssemos decortinar a verdade e a vida.
Hoje, nossa PRECE é dirigida a um dos principais personagem dessa epopéia de amor - O APÓSTULO JUDAS ESCARIOTES, a quem coube o mais ingrata das missões nesse cenário de abenegação.
A Miopia de nosso entendimento, entorpecido pela maldade, preguiça, convêniencia, etc, não nos deixea ver no dinamismo de judas escariotes, a materialização do desejo do povo HEBREU, de personificar no DIVINO NAZARENO a sua redenção do jugo romano.
Por haver confundido o reino de Deus com o reino de Herodes, ofereceu sua vida em holocausto por amor ao MESTRE, gesto que nehum de nós possue qualidade para tanto.
São Judas, rogamos de vossa piedade e valor, perdão para quantos ainda vislumbram certa VENALIDADE (o que nunca existiu) na dificílima missão que escolhestes, na concretização sacerdotal de nosso DIVINO MESTRE. 
Rogamos ainda, amoravel orixá, ajuda para a remoção de vanda que oblitera o nosso entendimento, e proteção para o nosso centro na missão a que se propõe.
M. Cabral de Sousa
18 de abril de 1987

Preâmbulo

A Existência na terra é um livro que estás escrevendo...

cada dia é uma página...

cada hora éum afirmação de tua personalidade, através das pessoas e das situações que te buscam.

Não menospreze o ensejo de criar uma epopéia de amor em torno de teu nome.

As boas obras são frases de luz que andereças a humaninande inteira. Em cada resposta aos outros, em cada gesto para com o semelhante, em cada manifestação dos teus pontos de vista e em cada demostração de tua alma, gravas com tinta perene, a história de tua passagem.

Nas impressões que produzes, ergue-se o livro dos teus testimunhos. A morte é a grande colecionadora que recollherá as folhas esparsas de tua biografia, gravada em ti mesmo, nas vidas que te rodeiam.

Não desprezas, assim, a campanhia de indulgência, através da senda que o senhor te deu a trilhar.

Faze uma área de amor no redor do próprio coração, porque só o amor é suficientemente forte e sábio para orientar-te a escritura individual, convertendo-a em compêndio de auxílio e esperança para quantos te seguem os passos.

Vive, pois, com Jesus, na intimidade do coração, não te afaste dele em tuas ações de cada dia e o livro de tua vida converte-se-a num poema de felicidade e num tesouro de bençãos.

13 de outubro de 1990

" Não Zombes do irmão que sofre amargurado e vencido, entre as sombras so amanhâ, teu dia é desconhecido"

Casimiro Cunha 

Mensagem de Águia Branca

Niterói, 19 / 8 / 1957

Graças a Deus

Mais uma vez a luz de nosso Mestre baixou sobre vós com a mesma pureza com que os apóstolos a receberam. Aproveitai essa oportunidade que muitos gostariam de ter tido.

Não vos esqueçais desta noite, em que a grandeza do Cristo desceu sobre vós com a intimidade que mereceram os irmãos desejosos de aprender a verdade com humildade que agrada nosso Pai Celestial.

Jesus esta presente em espírito e verdade.

Graças a Deus

Águia Branca